More Website Templates @ TemplateMonster.com - September08, 2014!
Image 1

CASOS CLÍNICOS FREUD E LACAN

Área Casos Clínicos Freud e Lacan

Através do estudo dos casos clínicos de Freud e Lacan tem-se uma amostragem prototípica das várias estruturas clínicas da psicanálise. Além disso, pode-se acompanhar através dos tempos a evolução dos conceitos metapsicológicos empregados por um e por outro autor nos referidos casos, e o manejo da práxis clínica propriamente dita.

Curso: O caso Dora

Estudar a histeria é conhecer as origens da psicanálise e a importância do encontro de Freud com o discurso das histéricas, o que proporcionou a emergência do saber psicanalítico. A partir da leitura desse caso clínico de Freud, paradigmático da neurose histérica, abordaremos aspectos fundamentais, tais como: as características principais da histeria, a posição feminina e sua relação com a histeria, a questão da identificação e do desejo histéricos, a formação e o tratamento dos sintomas, o campo da transferência e a direção do tratamento. Os temas serão trabalhados à luz das referências freudianas e das contribuições de Jacques Lacan.

Professora:

  • Ana Cristina Teixeira da Costa Salles


Curso: O Pequeno Hans

A leitura da análise de uma fobia numa criança de 5 anos (O pequeno Hans [1909]) nos remete a conceitos fundamentais como angústia de castração, teorias sexuais infantis, complexo de Édipo, todos exaustivamente estudados por Freud e referendados pela clínica. O Seminário 4, A relação de objeto (1956-1957), de Jacques Lacan, complementa a teoria freudiana no que concerne ao falo como operador estrutural e permite uma ampliação do estudo da fobia, das estruturas clínicas, do sintoma, do fantasma e do objeto, fazendo surgir dos casos clínicos de Freud, através da redução simbólica ao ponto mais irredutível da estrutura do sujeito freudiano, o objeto a.

Professora:

  • Vanessa Campos Santoro


Curso: O Homem dos Ratos

Freud considerou o Homem dos Ratos (1909) a análise completa de um caso clínico de neurose obsessiva, conservando inclusive os manuscritos originais das anotações de sessões. O curso pretende acompanhar Freud na leitura do Homem dos Ratos e em sua teorização sobre a neurose obsessiva, sem perder de vista a clínica psicanalítica e a direção do tratamento. Para tal, as contribuições de Lacan na releitura de Freud são preciosas, levando em conta as dimensões amor/ódio, dívida e culpa, desejo e gozo, o falicismo, a dúvida que divide o obsessivo, as quais pedem estratégias particulares, fundamentadas no funcionamento psíquico de um pensar obsedante e erotizado.

Professora:

  • Vanessa Campos Santoro


Curso: O caso Schreber

Este seminário objetiva o estudo teórico-clínico sobre as psicoses. Ele se divide em textos de três autores e seus discípulos sobre as psicoses: Freud, Lacan e Melanie Klein. Tendo como eixo central o caso do presidente Schreber, o psicótico mais famoso da história, e sobre quem mais se publicou em psicanálise, traremos também fragmentos de outros casos clínicos de psicose para ser trabalhados.

Professora:

  • Isabela Santoro Campanário


Curso: O Homem dos Lobos

O caso clínico do Homem dos Lobos é o mais fartamente documentado das cinco psicanálises freudianas. Entretanto, trata-se de um dos “casos” mais mal contados apesar de toda a bibliografia a respeito, e o seu diagnóstico permanece polêmico até os dias de hoje. Analisado por Freud ainda jovem, submete-se a uma reanálise algum tempo depois ainda com Freud e permanece em constantes tratamentos psicanalíticos até sua morte com mais de noventa anos. Ao longo desse tempo, recebeu vários diagnósticos. Antes de falecer, acusa os psicanalistas de o terem feito refém da psicanálise e que os seus problemas ainda continuavam sem solução. O final da sua análise determinado por Freud ainda é motivo de controvérsias até hoje. Seria o surto psicótico apresentado depois, resultado do término proposto por Freud? Quais os efeitos das doações de dinheiro pela comunidade psicanalítica ao Homem dos Lobos? Por que ele se apresenta como o “Homem dos Lobos” em detrimento do nome próprio? Essas e outras questões tornam imprescindível o estudo deste caso clínico na formação do futuro analista e na transmissão da psicanálise.

Professora:

  • Yumara Siqueira de Castro


Seminários do CPMG


Introdução à Teoria Psicanalítica Introdução à Clínica Psicanalítica Seminários Suplementares Seminário com Professor Convidado
Introdução à Formação Psicanalítica Métodos Psicanalíticos Saiba mais... Saiba mais...
Psicopatologia Casos Clínicos de Freud e Lacan
Conceitos Fundamentais
Siga-nos